Idioma: Português
4f7016e0b493488d9a33dcf03fb52d1a

A importância da amamentação

Alguns fatos importantes sobre amamentação

Bebês que são amamentados com leite materno são geralmente mais saudáveis e atingem crescimento e desenvolvimento ideais em comparação aos que são alimentados com leite artificial. Se a grande maioria dos bebês fosse exclusivamente amamentada com leite materno durante os seis primeiros meses de vida – o que significa apenas leite materno e nenhum outro líquido ou sólido, nem mesmo água – estima-se que seriam salvas 800.000 crianças menores de 5 anos a cada ano. Se as crianças continuam a ser amamentadas com leite materno até os dois anos de idade ou mais, sua saúde e desenvolvimento melhoram. Bebês que não são amamentados com leite materno correm maior risco de contrair doenças e morrer. O aleitamento materno é a forma natural e recomendada de alimentar exclusivamente todos os bebês nos primeiros 6 meses de vida, mesmo quando a alimentação artificial é acessível, água tratada estão disponíveis e existem boas condições de higiene.

O que cada família e comunidade deve saber sobre amamentação

  1. O leite materno, por si só, é o melhor alimento e bebida para um bebê durante os primeiros seis meses de vida. Nenhum outro alimento ou bebida, nem mesmo água, é necessário durante esse período.

  2. Bebês recém-nascidos devem ser entregues à mãe para que ela os segure imediatamente após o parto. Eles devem ter contato pele a pele com a mãe e começar a serem amamentados na primeira hora após o nascimento.

  3. Quase todas as mães podem amamentar com sucesso. Amamentar o bebê geralmente leva à produção de mais leite.

  4. A amamentação ajuda a proteger bebês e crianças contra doenças. Além disso, cria um vínculo especial entre a mãe e a criança.

  5. Se uma mulher está infectada com o HIV, ela e o bebê devem começar o tratamento com terapia antirretroviral. A mãe não deve amamentar, pois pode transmitir o vírus pelo leite. O SUS garante, além do tratamento, a fórmula láctea para a criança.

  6. Uma mulher que trabalha pode continuar a amamentar seu filho. Ela deve amamentar sempre que possível, quando estiver com o bebê, e retirar seu leite para quando estiverem afastadas assim um responsável poderá alimentar o bebê de forma higiênica e segura.

  7. Após os 6 meses de idade, quando os bebês começam a ingerir outros alimentos, a amamentação com leite materno deve continuar por até dois anos ou mais, pois é uma importante fonte de nutrientes, energia e proteção contra doenças.

The Internet of Good Things